Podcast #44 – A História da Liga da Justiça – Parte 1

Boa noite, Gotham!

Está chegando o filme da Liga da Justiça e, para te deixar por dentro, preparamos um programa em duas partes contando a história da equipe desde sua criação até os dias de hoje!

No programa de hoje, Carlos Vázquez, Andre Pansera, Roberto Segundo e Leonardo Vicente falam da equipe desde suas origens na era de prata, passando pela fase do satélite, a Liga da Justiça Detroid, a divertidíssima fase do Keith Giffen, até chegar na era Grant Morrison da equipe!

O que está esperando? Vista sua capa e dê o play!

 

Comentado no Podcast:
Matéria sobre o Batman da Terra 2
Podcast sobre a História da Mulher Maravilha
Podcast sobre a saga Invasão
Podcast sobre a História do Esquadrão Suicida
O dossiê sobre a Canário Negro foi publicado na Revista Mundo dos Super-Heróis #92
Ouça a segunda parte deste podcast!

Jabás:
Hacking Wave, o gibi da Lari que está no Catarse aguardando seu apoio!
A Hora Suave no Youtube e no Facebook.
Mundo Comics 
no SiteYoutubeFacebook e Instagram.
Revista Mundo dos Super-Heróis nas bancas.

 

Edição: Carlos Vázquez e André Pansera
Vitrine: Carlos Vázquez

Carlos Vázquez

Mordomo voluntário na Mansão Wayne quando o Alfred se ausenta, faz questão que todas as pessoas que o cercam saibam o nome de pelo menos 3 Robins e decidiu criar este site para transformar todo esse conhecimento “inútil” em algo que possa compartilhar com outras pessoas que tenham interesse.

  • luiz fernando

    Esse cast poderia ser mais longo.

    • Leonardo Vicente Di Sessa

      E é! Ainda vem a parte 2!

    • Semana que vem tem a outra metade, cobrindo dos anos 90 até hoje 😉

  • Hawkguy

    Ótimo cast. Tem coisa que não lembrava e não sabia. Haha

    Acho que por ter crescido assistindo os desenhos antes de ter um conhecimento aprofundado dos personagens e de gibis de uma forma geral, não consigo ver uma Liga sem a presença do Superman, Batman, Flash e etc.

    O lance da origem da Canário Negro ser meio confusa me lembrou um pouco da origem da Vampira dos X-Men, que era uma vilã de meia idade que depois com o passar do tempo ficou jovem e gostosa sem explicação nenhuma, aí se não me engano até usaram aquela desculpa dela ter absorvido os poderes da então Ms. Marvel. Haha

  • AzBats

    Obrigado pelo podcast e por todo trabalho de pesquisa que vocês fizeram do histórico da Liga da Justiça. Só deixando minha opinião a respeito da Liga da Justiça Internacional (também conhecida como a fase cômica), ainda que more no coração de muitos (e que a tenham como fase preferida) é um produto com prazo de validade determinada, ainda mais quando se percebe o avanço dos anos e como as coisas ficavam mais sérias nos quadrinhos, e não só pelos supra citados Batman – Cavaleiro das Trevas e Watchmen, mas também por material que era publicado em revistas mensais como X-Men com arcos ou sagas como “Massacre de Mutantes” e “A Queda de Mutantes”. E teríamos ainda o surgimento da Image Comics. Gosto bem mais da fase desenhada e escrita pelo Dan Jurgens (embora ela seja breve).
    Fico aguardando o próximo episódio com a minha fase preferida LJA: do Grant Morrison e Howard Porter e tudo que se seguiu até os Novos 52. Obrigado pelo episódio e boa tarde.

  • Strider_Tag

    Uma coisa que vale mencionar é que os Sovietes Supremos são uma criação do Kilowog.
    Depois da Crise, os Guardiões “largaram” os Lanternas e foram “curtir a vida” com a Zamaronas. Nisso, a tropa ficou “vagando” por um tempo, e o Kilowog veio pra Terra. Aonde ele foi parar ? Na União Soviética. Ele se “apaixonou” pelo espirito comunista, e desenvolveu a tecnologia dos Sovietes Supremos pra eles. Isso foi mostrado na revista dos lanternas, que na época se chamava “Green Lantern Corps” à partir da edição 201 (antes disso, era Green Lantern até o 200, e a Crise aconteceu).

    • Muito bem lembrado!
      Inclusive me incomoda quando hoje retratam o Kilowog, que ja foi um genio da mecanica, como um brutalhão que não entende nada de ciência.